História

Fundada em 1971 com um número inicial de 30 sócios, a Casa Da Gaia CCDR é hoje considerada uma das mais importantes colectividades do Concelho de Santa Maria da Feira e do Distrito de Aveiro contando actualmente com mais de 1000 associados.

O primeiro sector a surgir na associação foi o Grupo Coral seguindo-se o Grupo Folclórico.

Em 1973 o Grupo Folclórico introduziu no seu repertório as danças e cantares das terras da feira, que se mantiveram até aos nossos dias.

Em 1977, depois de alguns anos de trabalho intensivo, a Casa da Gaia dá asas à sua ambição e organiza o 1º Encontro de Coros das Terras da Feira, a 24 de Abril desse ano.

Em 1978 essa ambição estende-se para o Grupo Folclórico, e, em Agosto, o grande espírito empreendedor de todos os associados leva a cabo a realização do 1º Festival Internacional de Folclore das Terras da Feira, um acontecimento inédito no Concelho e que foi coroado de sucesso com a participação de vários grupos estrangeiros e nacionais.

Ainda em 1978 é fundado o Grupo dos Pequenos Cantores da Casa Da Gaia, seguiu as passadas dos mais velhos e organizou em 1992 o primeiro Encontro dos Pequenos Cantores nas Terras da Feira.
Em 1991 a Casa Da Gaia, CCDR, juntamente com as escolas e colectividades da freguesia organiza o Grande Desfile de Carnaval, uma actividade que ainda se mantém.

Em 1993 a Escola de Ballet dá os seus primeiros passos e em 1995 é a vez de pôr os sócios em forma dando inicio às aulas de Aeróbia.

Recentemente, em 2000, a actividade desportiva continua com as primeiras aulas de Taekwondo.

Para além destes marcos na nossa história conta-se a organização do Festival De Música ROCKFEIRA a fundação do grupo de teatro, a criação das diversas escolas e outras actividades.

Para provar que a ambição não tem limites estão em curso as obras de ampliação da nossa sede, que fará com que possamos trabalhar mais e melhor, receber melhor as visitas e os convidados, e acima de tudo conviver e divertir com o fazemos. Afinal, quem tinha razão era Fernando Pessoa: "Valeu a pena? Tudo vale a pena quando a alma não é pequena".

Sede da Casa da Gaia