CANADÁ - Les Chamaniers De St-Hyacinthe 

CANADÁ - Les Chamaniers De St-Hyacinthe Foi no ano de 1972 que um grupo de jovens adultos, composto por rapazes e raparigas, mostrou interesse no folclore. O entusiasmo deles levou a que nos anos seguintes criassem um grupo, em que o propósito seria promover a sua cultura na região de Maskoutian. E foi por isso que a 1 de Junho de 1974, sob a direção da Senhora Lucie Raîche, o grupo “Les Shamans of Saint-Hyacinth” foi criado, em que os membros levavam apenas o gosto pelo folclore e a vontade de o tornarem conhecido e apreciado. 

O nome Shaman foi inspirado pelo seu significado, um curandeiro das tribos nativas americanas, que se chamava a si mesmo de médico, sacerdote, que dançou e cantou de forma a chamar os bons espíritos. 

Hoje em dia, o grupo folclórico “Les Chamaniers” (1977) tem sempre a missão de apresentar criações originais de Quebec e de apresentações internacionais. A companhia apresenta diversas danças folclóricas no contexto dos anos 2000, e onde a música apresenta um papel fundamental. Enquanto respeitam a sua vocação de promover e dispersar o folclore dos nossos antepassados, os Shamans harmonizam a tradição e uma abordagem atual da nossa etnomusicologia.

Com uma visão do futuro, tudo evolui de ano para ano com audácia e dinamismo. Uma abordagem vencedora para os anos que aí vêm!

CHILE - Ballet Folklórico Municipal de Rancagua 

CHILE - Ballet Folklórico Municipal de Rancagua O Ballet Folklórico Municipal de Rancagua, nasceu em 2008 com o apoio do Município de Rancagua. Manifestam e recolhem os diversos costumes e tradições do Chile e promovem a criação e interpretação cénica e musical, participando em importantes Festivais no seu País, bem como em deslocações internacionais, nomeadamente em Espanha e Portugal. 

Actualmente o Ballet Folklórico Municipal de Rancagua conta com uma equipa de 50 elementos, sendo 35 bailarinos e 15 músicos, procurando demonstrar ao público nas suas apresentações o seu profissionalismo, fruto de árduos ensaios e preparações. 

Têm como objectivo apresentar à comunidade de Rancagua, Chilena e Internacional, que o Grupo está destinado a reconhecer, entender, desenvolver e interpretar a dança folclórica do Chile, proporcionando um panorama cultural, formativo e artístico significativo da sociedade Chilena. 

O Grupo está aberto à comunidade, onde os jovens talentos que desejem integrá-lo o podem fazer de forma gratuita e com a ajuda do Município de Rancagua. 

A direcção geral do Grupo está a cargo de Alejandro Cabezas Matus, reconhecido músico da sua região. A produção artística está a cargo de Señor Christian Rebolledo Rioseco, destacado coreografo, bailarino e produtor, com uma trajectória de mais de 30 anos no meio artístico.

COLÔMBIA - Ballet Folclorico Experimental “Estada” 

COLÔMBIA - Ballet Folclorico Experimental “Estada” O “Ballet Folclorico Experimental “Estada”” de vários dançarinos a tentarem encontrar um espaço para partilharem a cultura colombiana, não apenas as danças tradicionais, mas misturar com o novo folclore, vindo daí o nome “Experimental” 

O grupo nasceu com o nome de “Zona Dance Colombia” em 2002, depois de vários anos de experiências em 2008, a Administração da Cidade Envigado – Antioquia, tomou a liderança do grupo, de forma a dar-lhes mais dinheiro e contactos para as atividades, assim como aumentar as suas atuações por toda a Colômbia. 

Em 2015 a “Escuela Superior de Artes Debora Arango” pegou na direção do grupo e começou a criar contactos de forma a mostrar o seu talento e o folclore colombiano além das nossas fronteiras. 

Em 2016 o grupo viajou para a Europa, para o seu primeiro circuito europeu (como grupo) atuando na Suíça e França. 

Em 2017 o grupo quer fazer a sua primeira turné mediterrânica, através da Espanha, Portugal e Itália.

ESPANHA - Coros Y Danzas De Ronda 

ESPANHA - Coros Y Danzas De Ronda O grupo foi criado em 1950, sob a dependência da Secção Feminina. Como tudo o que começa, foram anos difíceis para aquelas 20 pessoas que trabalharam para formar o grupo, criando uma base sólida, que hoje em dia é uma realidade feliz.

Estes são tempos de investigação, resgatar os costumes esquecidos dos nossos antepassados. A nossa região vai em busca dessas danças que corriam o risco de se perder. Aos poucos vai-se aumentando o número de membros. O grupo vai para todos as atuações folclóricas que ocorrem em diferentes partes da Espanha. A partir de 1968, o grupo começa a atua fora do país. Quando regressam ao país, vêm pedidos de aulas a aumentar por dia. 

Nasce em 1981 a Associação Cultural Folclórica – ABUL-BEKA, que acolhe o grupo e cria uma escola de dança, que atualmente conta com mais de 600 alunos. Não só existe aulas de folclore e flamengo, como também aulas de ballet clássico e ballet espanhol. Desde há 32 anos, que nas festas de Pedro Romero que se celebram no mês de Setembro, a Associação organiza as “Galas Folclóricas Internacionais”, que hoje aparecem como a manifestação folclórica mais antiga em Andaluzia, e uma das primeiras de toda a Espanha, onde estiveram presentes os grupos mais representativos de todos os continentes.

LITUÂNIA - Folk Ensemble ”SAULE”  

LITUÂNIA - Folk Ensemble ”SAULE” Siauliai University Folk Ensemble “Saule” está no ativo desde 1972. O grupo é conhecido tanto na Lituânia como no estrangeiro. 

Até ao presente, mais de 40 estudantes, professores e veteranos da cidade de Siauliai fazem parte do grupo Ensemble. 

O grupo participou em vários festivais folclore, tanto nacionais como internacionais, dos quais recebeu vários prémios e diplomas por diversas vezes.

Desde a sua fundação, “Saule” já atuou na Bélgica, Dinamarca, Estónia, Reino Unido, Croácia, Cuba, nos Países Baixos, Letónia, Polónia, Malta, Hungria, Rússia, Suécia, Alemanha, França, Noruega, República Checa, China, Eslovénia, Estados Unidos da América, Brasil, Itália e Colômbia. 

“Saule” já gravou e lançou 10 CD’s. 

“Saule” recebeu a nomeação para a Melhor Banda de Música Folclórica Lituânica no ano de 1999 por excelentes realizações criativas e recebeu o “Aukso Paukste” (O Prémio do Pássaro Dourado). 

O repertório do “Saule” consiste em músicas e canções tradicionais, de peças originais de compositores lituanos, tendo como base as tradições do folclore da Lituânia, assim como as suas danças. 

Até ao século XIX, os lituanos costumavam a dançar de acordo com a música, sendo também nesse século em que as danças de origem europeia começaram a aparecer na Lituânia, e os instrumentos musicais que costumavam a ser utilizados em festas, casamentos, começaram a ser construídos. No presente, os músicos do “Saule” tocam vários instrumentos musicais: violinos, acordeões, flautas, contrabaixo, bateria, um tipo de gravador. O repertório de instrumentos musicais envolve polkas, valzas e marchas. 

É considerado o início da dança folclórica contemporânea da Lituânia a meio do século XIX. Foi desde o século XX que se começou a adaptar esse estilo de dança para as coreografias do folclore, sendo a base das tradicionais danças dos dias de hoje. O repertório do “Saule” engloba danças a pares tradicionais e estilizadas: quadrilles, polkas, roundelays. Os dançarinos realizam várias danças com tamancos de madeira – sendo estes sapatos usados pelos habitantes da região de Samogitia. 

Em tempos antigos, lituanos costumavam a cantar em capella – sem instrumentos musicais a acompanhar. No presente, a maior parte das canções Folclóricas exigem o acompanhamento de instrumentos. 

O repertório do Folk Ensemble “Saule” consiste na sua maior parte em temas de casamento, juventude e canções de amor, assim como em romances folclóricos.

MÉXICO - Iskali Dance Company 

MÉXICO - Iskali Dance Company A Companhia foi construída em 2006, sob a direção de Erick Alfredo Reyes Medina, com um grupo de jovens entusiasmados, em que começaram com workshops e aulas. 

Dedicação, disciplina e perseverança foram as ferramentas para conquistar a sua primeira década de atuações e sucesso, levando o folclore mexicano, dentro e fora do país, a diferentes festivais e atuações, na troca de culturas com outros países. 

ISKALI é composto por 12 pares de dança, um grupo de músicos, uma equipa de staff e uma comissão diretiva, num total de 40 pessoas. 

ISKALI está em constante preparação com aulas, encontros, procura e treinamento de novas pessoas talentosas.

PORTUGAL - Grupo Folclórico das Terras da Feira - Casa da Gaia

PORTUGAL - Grupo Folclórico das Terras da Feira - Casa da GaiaA CASA DA GAIA – Centro de Cultura, Desporto e Recreio de Argoncilhe – Santa Maria da Feira, foi fundada em 1971. Dos vários sectores existentes, destaca-se o Grupo Folclórico das Terras da Feira. 

Depois de um trabalho apurado no campo das recolhas, este grupo aparece com muita dignidade a interpretar e a divulgar o Folclore das Terras da Feira. É o responsável pela organização do DANÇAS DO MUNDO – FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE NAS TERRAS DA FEIRA E DO ENCONTRO DE JANEIRAS. 

Este grupo tem participado em diversas manifestações culturais de Norte a Sul do País e regiões autónomas em: Festivais, Festas/Romarias, animações, Encontros de Janeiras etc.. 

No estrangeiro actuou várias vezes em França, Bélgica, Itália, Áustria, Espanha, Grécia, Hungria e Bulgária.