Alemanha - Thuringian Folklore Dance Group

Alemanha - Thuringian Folklore Dance GroupO Thuringian Folklore Dance Group provém de uma zona cultural antiga da Turíngia, na cidade de Rudolstadt. Esta região é apelidada de “O Coração Verde da Alemanha” e fica situada no centro do país.

Este grupo já actuou em 25 países de 4 continentes ao longo da sua existência de mais de 50 anos. Desde o Afeganistão até aos Estados Unidos passando pela Russia ou Egipto. O grupo conta com 170 elementos entre os 4 e os 48 anos de idade que têm sido capazes de preservar o seu património cultural e transmiti-lo através dos espectáculos.

As suas danças folclóricas, cujas coreogafias são criadas pelos melhores profissionais do país, são de elevada qualidade artística e arranjo cénico. Dão a conhecer a história da Turíngia, assim como os costumes e canções que reflectem a tradição do seu passado.

Nestas apresentações que englobam os costumes na primavera, outono e na quermesse, além do folclore tradicional, os espectadores serão convidados a experimentar um espectáculo de grande carga emocional e visualmente atractivo.

Brasil - GEMP - Escola de Cia de Dança

Brasil - GEMPO GEMP foi fundado em 1995, por um grupo de alunos, pais, professores e pela direção da Escola Particular de Ensino Fundamental Madre Paulina, liderados pelo jovem Leandro Diel rupp, na época com, 15 anos de idade.

O nome inicial foi Grupo Étnico Madre Paulina, em homenagem à padroeira da escola da congregação religiosa.

A partir de então se inicia o trabalho de pesquisa sobre folclore, etnias e danças étnicas, as primeiras coreografias foram montadas no final do mesmo ano.

Ao todo já são mais de 100 prêmios em competições nacionais e internacionais.

Seus espetáculos já percorreram boa parte do Rio Grande do Sul, e cidades dos Estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, e de países como Argentina, Chile e Bolívia, Polônia, Eslováquia e Alemanha.

O GEMP é três vezes “Prêmio Melhor Figurino”, Medalha de Ouro no Certamen Internacional de Danza de Buenos Aires/Argentina e foi eleito pelo público, como o grupo mais popular do Festival Internacionall de Folclore do Chile, Edição 2008.

Em Setembro de 2006 conquista o Prêmio de MELHOR COMPANHIA DE DANÇA na Competição Nacional de Santa Maria.

Em Março de 2003 o GEMP cria seu grupo instrumental.

Em Março de 2007 foi declarado pelo prefeito municipal como PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE DE CRISSIUMAL.

Atualmente, o GEMP, tem sua própria sede, com amplo espaço, onde os 23 bailarinos do GEMP tem seus ensaios e os mais de 130 alunos da Escola de Dança, tem suas aulas.

O GEMP conta com uma série de parcerias municipais, sendo patrocinado por empresas locais e incentivado pela administração municipal.

São 15 bailarinos no corpo de baile da Cia, e 03 músicos.

www.brasilfolclore.site.com.br

Escócia - Royal Scottish Country Dance Society Newcastle upon Tyne and District Branch  

Escócia - Royal Scottish Country Dance Society Newcastle upon Tyne and District BranchDanças -  A dança e música tradicional da Escócia é popular em todo o mundo. Basicamente, existem duas formas distintas de dança: a Scottish Country Dance que é dança sociável com os bailarinos dispostos em conjuntos de dois ou mais casais e a Highland Dancing que é uma forma muito enérgica de dança geralmente realizada por uma pessoa.

Trajes -  Os trajes dos dançarinos e músicos é um desenvolvimento moderno do que era usado pelo povo original da Escócia.

A população rural do noroeste da Grã-Bretanha geralmente usava uma camisa longa, e um casaco de lã ou grande manto sobre os ombros presos por um alfinete ou broche. O xadrez tornou-se o Beag feileadh ou o kilt que conhecemos hoje.

Durante este período de tempo os artesãos produziam panos de lã com padrões e cores peculiares da área de onde eram oriundos e os clãs "ou famílias tinham também as suas próprias cores e padrões.

Os dançarinos usam uma variedade de trajes para atender às suas representações. Os homens usam camisas brancas e coloridas ou camisetas pretas para ocasiões menos formais, e jaqueta preta e gravata como traje formal. As senhoras usam saias e vestidos de baile.

www.rscds-newcastle.org

Eslováquia - Folklore ensemble MAKOVICA  

Eslováquia - Folklore ensemble MAKOVICAO folclore MAKOVICA ensemble foi fundado em 1956. O grupo está sediado no centro Cultural da cidade de Svidnik - cidade situada no leste da Eslováquia.

Actualmente o MAKOVICA consiste em três secções: dança, canto feminino e musical. O grupo tem 50 membros dos 16 aos 40 anos de idade. A média de idade é 20 anos. Os novos membros são provenientes do seu próprio grupo infantil.

O MAKOVICA tem cerca de 30 apresentações anuais, perfazendo um conjunto de mais de 800 actuações. Actuam em diferentes eventos culturais, festivais de Folclore, concursos, festa em casas, quer na Eslováquia quer no estrangeiro. Já marcaram presença nos seguintes festivais.

O MAKOVICA realiza coreografias das regiões Saris e Zemplin. No seu repertório, podemos encontrar:

  • krucena "- dança lenta de casais com canto lírico da região de Saris;
  • karička "- dança de roda típica do sexo feminino composta por várias canções que acompanham as variações da dança provenientes também da região de Saris;
  • verbunk "- dança típica do sexo masculino com o significado de recrutas do exército, consiste em vários passos acompanhado o bater do ritmo musical;
  • "Cardas" – Típica dança de pares, sendo a que melhor representa as danças folclóricas eslovacas das regiões Zemplin e saris;
  • "šarišpolka" – é a dança mais rápida dos pares representando a vila Raslavice.  

Espanha - Grupo Gaditano de Música e Danças “ANDALUCIA DOS”

Espanha - Grupo Gaditano de Música e Danças “ANDALUCIA DOS”O Grupo do Música e Danças “Andalucia Dos” nasce em Março de 1978. É proveniente dos extintos Coros e Danças de Educação e Descanso. Desde 1980 o Grupo mantêm-se de forma autónoma. Em 1987 constituiu-se como Associação Cultural sem fins lucrativos, permanecendo-se deste modo.

Desde suas origens, o Grupo Gaditano de Música e Danças “Andalucia Dos” vem recolhendo sem descanso o sabor dos bailes clássicos e folclóricos da terra que o viu nascer. Estes foram enriquecidos com a contribuição flamenca próprios de uma região com uma força criadora e artística como é Andalucía.

As suas actuações por toda a Espanha e no estrangeiro (México, Tunisia, Chipre, Marrocos, Portugal, França, entre outros) consagra-lhes uma formação artística seria e cuidada para a boa transmissão dos sentimentos musicais da sua aterra. As suas últimas actuações, em 2006 a Amiens e Akbert em França e em 2008 em Friburgo, Suiça, serviram uma vez mais para assegurar os laços de união culturais e artísticos entre os países de grande tradição folclórica.

Continuam investigando, adaptando continuamente o seu reportório com novas contribuições de forma totalmente vocacional e desinteressada.

No ano 2008 o grupo celebrou os 30 anos da sua fundação. Três décadas de trabalho e constante evolução do seu reportório mantendo a essência do flamenco e o folclore andaluz.  

México - Orizaba Ballet Folkloric 

México - Orizaba Ballet Folkloric O Georgian Folk Dance Ensemble "ELIA", é membro da Associação de grupos folclóricos da Geórgia, e foi formado em 1995 anos. O Orizaba Ballet Folkloric é um grupo mexicano que foi fundado em 1970. O seu actual director é Erasto Gómez Santa Rosa, que elevou a qualidade deste grupo para um nível superior.

Conta com inúmeras apresentações em televisão e em festivais de música, tendo conquistado alguns prémios como uma medalha de ouro, em 1972, com uma coreografia de CONCHERO num festival mundial de folclore realizado em Guadalajara, México.

Em 2008, este grupo conquistou três primeiros lugares num Festival de Dança realizado em Zywiec, na Polónia, devido a qualidade do acompanhamento musical e da dança de Quertzals.

Foi o primeiro grupo mexicano a participar neste festival conseguindo obter um lugar de destaque pela sua qualidade, representado assim com grande orgulho o México a nível internacional.

Ossétia do Norte - Iriston Folk Dance Group

Ossétia do Norte - Iriston Folk Dance GroupIriston Folk Dance Group é oriundo de Vladikavkaz capital da República da Ossétia do Norte, um dos mais importantes pontos da antiga rota de seda.

O grupo é composto por estudantes da Universidade de Vladikavkaz, que têm como missão recuperar e difundir a música e as danças tradicionais da sua cultura.

As suas danças são enérgicas caracterizando-se por acrobacia e rápidos movimentos de pés por parte dos homens e suaves movimentos feitos pelas mulheres que mais parecem flutuar no ar.

A orquestra é composta por três tambores e dois acordeões que soam de uma maneira muito especial.

Portugal - Grupo Folclórico das Terras da Feira Casa da Gaia

Portugal - Grupo Folclórico das Terras da Feira Casa da Gaia A CASA DA GAIA - Centro de Cultura, Desporto e Recreio de Argoncilhe - Santa Maria da Feira, foi fundada em 1971.

Dos vários sectores existentes, destaca-se o Grupo Folclórico das Terras da Feira.

Depois de um trabalho apurado no campo das recolhas, este grupo aparece com muita dignidade a interpretar e a divulgar o Folclore das Terras da feira.
É filiado na Federação do Folclore Português desde 1978.

É o responsável pela organização do DANÇAS DO MUNDO - FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE NAS TERRAS DA FEIRA E DO ENCONTRO DE JANEIRAS.

Este Grupo tem participado em diversas manifestações culturais de Norte a Sul do País e regiões autónomas em: Festivais, Festas/Romarias, Animações, Encontros de Janeiras, etc.. - Conta ainda com uma actuação em directo na RTP no programa "Às Dez".

No estrangeiro actuou várias vezes em França, Bélgica, Itália, Áustria, Espanha, Grécia, Hungria e Bulgária.

Rússia - Volnaya Steppe

Rússia - Volnaya SteppeO grupo "Volnaya Steppe" representa a região Stavropol do sul da Rússia, é conhecida como a região dos Cossacks cujas tradições e folclore são muito antigas. Foi fundado em 2005 pelo presidente desta região com o objectivo de difundir ao mundo a essência dos Cossacks.

Num curto período de tempo após a sua criação, este grupo jovem e enérgico tornou-se líder nos circuitos artísticos da região de Stavropol. O grupo é actualmente composto por 13 bailarinos, 13 cantores e 9 músicos perfazendo um total de 35 elementos.

O seu repertório é variado e amplo, com complexas coreografias que envolvem na maior parte das vezes todos os elementos do grupo. Cantores e bailarinos interagem como um só contando as histórias dos momentos alegres em que os soldados Cossacks voltavam para as suas esposas e famílias.

Todas as danças ilustram a forma de vida dos Cossacks ao longo dos tempos, transportando as audiências para a vida e momentos dos Cossacks soldados, operários e camponeses.

O talento e a versatilidade deste grupo permite-lhes atingirem um elevado nível nas diferentes envolventes que apresenta: cântico, danças, arte e folclore sendo por vezes difícil distinguir quais destes membros são cantores ou bailarinos.